Qual empreendedor não deseja que sua empresa cresça num ritmo acelerado e de maneira sustentável? Na busca de empreender obtendo mais faturamento e lucro de um negócio, surgiu o termo scale up – modelo de empresa que cresce 20% ao ano.

Por isso, nesse artigo apresentaremos características do modelo scale up e como aplicar em sua empresa. Continue lendo.

Afinal, o que é scale up?

O crescimento de 20% ao ano em um período de três anos, e com 10 funcionários ou mais no início do período de observação é o que define uma scale up. Além disso, há características importantes nesse modelo de negócio:

  • Inovação: Para que o crescimento seja de maneira acelerada, é necessário inovar no mercado. Portanto, os chefes das empresas precisam ter uma mente e equipe criativa.
  • Crescimento exponencial: Por conta da inovação, as scale-ups crescem de maneira gigantesca.
  • Desenvolvimento escalonável: Isso significa que a empresa reage bem ao atender a nova realidade no mercado, ou seja, a partir do momento que o negócio cresce de maneira exponencial não haverá problemas de gestão, tampouco operacional.
  • Eficácia comprovada: Para que o crescimento seja viabilizado, é necessário testar o produto ou serviço, diminuindo os erros e riscos para entrar no mercado.

Diferenças entre start up e scale up

A confusão entre os dois modelos de negócio é mais normal do que você imagina, isto porque uma empresa pode começar sendo start up, depois scale up e vice-versa.

No entanto, há diferenças em relação as duas, enquanto a start up é considerada um comércio de pequeno a médio porte, a scale up é uma empresa gigantesca no mercado.

Além disso, geralmente na start up, os funcionários tem contato direto com o CEO, por outro lado, na scale up, como já existe um crescimento comprovado no mercado, é natural que as funções sejam mais setorizadas.

Agora, veja as diferenças entre scale up e start up:

Principais características da scale up

  • O produto já está validado no mercado;
  • Empresa em crescimento exponencial;
  • Funções setorizadas na empresa;
  • O negócio é escalonável, isso significa que há riscos menores de erros de gestão e operacional;
  • A empresa deve ter um crescimento inicial de 20%, iniciando com no mínimo 10 funcionários.

Principais características da start up

  • Precisa inovar no mercado;
  • Tem custo e capital baixo no começo do negócio;
  • No início, são times menores e o CEO atua diretamente em áreas específicas, como marketing e contato com investidores;
  • Na maioria das vezes, parte de um problema já existente;
  • O produto ainda não foi validado 100% no mercado.

Como transformar meu negócio em scale up

Toda empresa pode ser tornar scale-up, visto que, o modelo trata-se de inovação, sustentabilidade e uma taxa de crescimento alta. Independente do setor que a empresa atua é possível transformar seu negócio! Entenda mais agora:

  • Consiga um produto validado no mercado: Para que essa transformação aconteça, o produto deve estar consolidado no mercado com compradores sólidos. A partir disso começa o movimento de expansão.
  • Tenha parceiros financeiros: Investimento financeiro é ponto chave para o iniciar um processo de expansão de uma empresa. Deste modo, é importante a criação de estratégias para essas movimentações financeiras.
  • Aumente seu negócio: Para escalonar, a empresa necessita de investimentos e o tempo adequado para fazer o negócio crescer, por isso é importante uma equipe qualificada.
  • Mantenha o vínculo com os clientes existentes: Mesmo com o processo de expansão, manter uma parceria duradoura é extremamente necessário, pois é o nome da empresa que está em jogo.
  • Mensure suas metas: A organização no plano de crescimento é muito importante, por isso, mensure de modo coerente cada meta da empresa e contrate pessoas capacitadas para isso.

Entendido o conceito de scale up, fica mais fácil aplicar esse modelo de negócio no planejamento da empresa. Quer ler mais artigos gestão de empresas, tendências do mercado e marketing? Continue acompanhando o blog da MegUP e siga a gente no Facebook, Instagram e LinkedIn.